quarta-feira, 6 de maio de 2015

Queques de chocolate extra negro e centeio | Extra dark chocolate and rye muffins

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

(scroll down for English)

Como não há duas sem três e à terceira é de vez, aqui fica mais uma receita bem escurinha para terminar esta triologia. A receita original vem de um dos meus blogues favoritos, o Green Kitchen Stories, e foi com algum receio que a testei pois, pensava eu, iriam ficar densos e secos. Na verdade, estes queques ficam mesmo fofos e são deliciosos. E não fui só eu que adorei, o Vel também ficou fã e até reclamou de eu ter trazido alguns para partilhar com as meninas do trabalho (que também os adoraram)! Portanto já sabem: experimentem que não se vão arrepender, muito pelo contrário :)

Queques de chocolate extra negro e centeio

150g farinha integral de centeio
125g farinha de trigo T55
6 c.sopa cacau puro
2 c.chá fermento em pó
1 c.chá bicarbonato de sódio
1 c.chá sal marinho grosso

3 ovos
240ml leite de coco
160ml mel de rosmaninho
160ml azeite
100g chocolate extra negro 85% cacau (Jubileu), grosseiramente cortado

Numa taça grande, bater bem os ovos com um fouet durante cerca de 1min, adicionado depois o leite de coco, mel e azeite sem deixar de bater. Peneirar todos os ingredientes secos, com apenas 1/2 c.chá de sal, para dentro da taça dos líquidos, envolvendo com uma espatula. Adicionar o chocolate e envolver novamente. Dividir a massa por 12 formas de queque e levar ao forno pré-aquecido a 200º C durante cerca de 18mins. Retirar, polvilhar com o restante sal reservado e servir.

***

To finish off this dark trilogy, we share a recipe from one of my favourite blogs, the Green Kitchen Stories. It was with some apprehension that I decided to bake these muffins for, in my idea, they would come out dry and dense. Totally not the case! These muffins are soft, aerated and delicious. And I wasn't the only one falling in love with them, since Vel even complained when I took a few to share with the girls at work (that became fonds as well)! So, now you know: try them, I guarantee that you won't be disappointed, on the contrary :)

Extra dark chocolate and rye muffins

150g whole grain rye flour
125g fine wheat flour
6 tbsp pure cacao powder
2 tsp baking powder
1 tsp baking soda
1 tsp coarse sea salt

3 eggs
240ml full-fat coconut milk
160ml rosemary honey
160ml evoo
100g 85% extra dark chocolate (Jubileu), coarsely chopped

Crack the eggs into a large bowl and whisk them for about a minute. Then add coconut milk, maple syrup and olive oil while constantly stirring. Sift together all dry ingredients into the bowl, saving half of the sea salt for topping. Use a spatula to carefully fold everything until combined. Add the chopped chocolate and fold to combine. Divide the batter into 12 muffin tins and bake for about 18 minutes in the pre-heated oven at 200º C. Sprinkle with the remaining sea salt and serve. Best enjoyed still warm from the oven.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Arroz negro doce | Black rice pudding

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

(scroll down for English)

Eu sei... chegou a primavera e, de repente, apresentamos receitas escuras. Até parece que gostamos de contrariar! E gostamos, mas não é essa a razão. A verdade verdadinha é que esta receita do My New Roots estava marcada para ser feita desde o dia em que foi publicada pela Sarah B. Mas como mais vale tarde do que nunca, há que partilhar aquele que é o meu (arroz doce não é com o Vel!) mais recente vício e esperar que fiquem igualmente fãs :)

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

Arroz negro doce

200g arroz negro 
400ml leite côco
125ml de água
1/4 c.chá sal fino
1/2 c.chá pasta de baunilha
1 c.sopa mel de laranjeira

Lavar bem o arroz, colocar numa taça coberto com água e deixar de molho durante a noite (ou durante o dia!). Lavar bem e escorrer.
No copo da Bimby colocar o arroz com o leite de côco, a água e o sal envolvendo bem com a espátula.  Cozinhar durante 50mins a 90ºC, colher inversa. Findo este tempo adicionar o mel, misturar bem com a espátula e colocar numa taça para servir.

Nota: para servir utilizei leite de soja e a fruta perfeita é a manga, embora fique bem com morangos, kiwis, etc. Podem também adicionar frutos secos (os pistácios fazem um lindo contraste de cor) e ainda côco ralado.

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

I know, I know... spring arrived and we share dark recipes with you. It's almost as if we like to contradict! We do, but that's not the main reason. The truth is that this recipe was marked since the day it was published by Sarah B. on her My New Roots. And, once it's better late than never, we finally share with you my (Vel is not fond of rice pudding) latest addiction and I hope you love it just as much  :)

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/


Black Rice Pudding

Ingredients:
200g black rice
400ml full-fat coconut milk
125ml water 
¼ tsp. fine grain sea salt
½ vanilla bean paste
1 tbsp orange blossom honey

Measure out rice, rinse and cover with water. Let soak overnight or for up to 8 hours. Drain and rinse well again.
Place rice in the Thermomix with coconut milk, salt, vanilla paste and the indicated amount of water. Cook for 50mins at 90ºC in reverse spoon. Add the honey and fold to combine and pour into a serving bowl.

Note: I served the black rice pudding with soya milk and fruit, mango being the best combination and but strawberries or kiwi worked well too. Add some dried fruits (pistachios add a nice colour contrast) and some flaked coconut.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

"Fade to Black"

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

(scroll down for English)

O preto é sem dúvida a nossa cor favorita, pelo menos a nível de vestuário. Já no que toca à comida, as refeições são o mais coloridas possível. E embora a nossa sugestão de hoje seja monocromática q.b., não significa no entanto que seja menos deliciosa. Ficamos muito fãs deste risotto e sem dúvida que vamos repetir com frequência! "Fade to Black" faz parte do album "Ride the Lightning" dos Metallica, que de certeza iriam apreciar esta refeição, e nós a presença deles :)

Risotto nero

900g choco limpo e em rodelas
2 saquinhos de tinta de choco
1 cebola, picada
2 dentes de alho, picados
Azeite
1 copo vinho tinto
300g arroz arborio
1 c.sopa pasta de tomate
Caldo de peixe (quente!) qb
Sal
Pimenta moída na hora

Numa panela larga e funda alourar a cebola picada e os alhos com um pouco de azeite. Juntar os chocos, regar com a tinta e o vinho, deixando ferver sobre lume forte para evaporar o alcool. Reduzir o calor e deixar cozinhar durante cerca de 20mins. Adicionar o arroz, mexer bem e adicionar a pasta de tomate juntamente com um pouco de caldo de peixe. Misturar bem e ir juntando o caldo, concha a concha, quando o liquido do arroz desaparecer, mexendo sempre, e até o arroz estar cozido "al dente".

***

Black is, without a doubt, our favourite colour, at least when it comes to clothing. However, when is comes down to food, our meals are small private rainbowns. And even though today's recipe falls on the monochromatic side, it does not mean it's not equally delicious. We became fans of this wonderful risotto and we'll be cooking it very often! "Fade to Black" is part of the Metallica album "Ride the Lightning" and we're pretty sure they would enjoy this meal and we would love their company :)

Risotto nero

900g cuttlefish, clean, sliced in rings
2 ink bags
1 onion, chopped
2 garlic cloves, chopped
Evoo
1 glass red wine
300g arborio rice
1 tbsp tomato purée
Fish stock (hot!)
Salt
Freshly ground pepper

In a large pan, sautée the onion and garlic with the evoo. Add the cuttlefish, ink and wine and cook on a high heat to evaporate the alcohol. Reduce the heat, and let simmer for 20mins. Add the rice, mix well and add the tomato purée along with a soup ladle of stock. Mix thoroughly and keep adding soup ladles of stock whenever the rice liquid disappears, while constantly stirring and until the rice is cooked "al dente".

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Salada nórdica de salmão e batata | Salmon and potato nordic-style salad

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

(scroll down for English)

Não são raras as vezes que me perguntam de onde vem a inspiração para cozinhar. É simples: vem de todo o lado! A verdade é que gosto tanto de comida que passo uma boa parte dos dias a pensar em tudo o que com ela se relaciona. Nos meus tempos livres, além de adorar passear e fotografar, uma das coisas que me dá grande prazer é folhear livros sobre comida. E se há uns aos quais recorro frequentemente em busca de inspiração, outros há que raramente lhes pego. E isso é que não pode ser, pelo que resolvi que, ao preparar o menu semanal, tenho que folhear um dos livros "esquecidos". Oh, que chatice tão grande!
Mas o que é que isto tem a ver com a receita de hoje? Rigorosamente nada! Até porque a inspiração para ela veio dos programas de cozinha nórdica que o 24 Kitchen tem apresentado.

Salada nórdica de salmão e batata

1 kg batatas, descascadas e em cubos
2 filetes de salmão 
300g delícias do mar, descongeladas, em cubos
2 endívias, em juliana
500g tomate, em cubos
Sal
1 ovo
150g azeite
1 c.chá mostarda (Savora, claro!)
1 c.chá de vinagre de vinho tinto
100g ketchup
50g brandy
1 mão-cheia de endro fresco (ou seco) picado

Num tacho médio, cozer as batatas em água com sal. Quando as batatas estiverem quase prontas, adicionar o salmão e cozer por mais 5mins. 
Entretanto, preparar o molho colocando no copo misturador o ovo, azeite, mostarda, vinagre, ketchup e brandy. Misturar com a varinha mágica até obter uma consistência tipo maionese. 
Retirar o salmão para uma saladeira desfazendo com as mãos e adicionar as delicias do mar, as endívias e o tomate. Escorrer as batatas e devolver ao tacho, já com o fogão desligado, para as secar. Juntar as batatas à saladeira com metade do molho e o endro, envolvendo bem. Servir morna ou fria.

***

Very often I'm asked where from comes the inspiration for cooking. Simple: it comes from anything! The truth is I love food so much that I spend a fair amount of time thinking about all things food-related. On my free time, apart from walking around and photographing, I love to read books about food. But while some books are always on the spotlight, others rarely see the light of day. I that cannot be! So, I have decided that while I'm writing down the weekly menu, I have to browse one of those "forgotten" books. Life's tough, I know...
But what does this have to do with today's recipe? Nothing at all! Even because inspiration came from the lovely nordic food programs at the 24 Kitchen channel :)

Salmon and potato nordic-style salad

1 kg potatoes, peeled and diced in cubes
2 salmon filets
300g crab sticks
2 endives, julienne sliced
500g tomatos, in cubes
Salt
1 egg
150g evoo
1 tsp mustard
1 tsp red wine vinegar
100g ketchup
50g brandy
1 handfull fresh (or dried) dill, finely chopped

In a medium pan, cook the potatoes in water with salt. When the potatoes are nearly cooked, add the salmon and boil for 5 more mins.
Meanwhile, prepare the sauce by mixing the egg, evoo, mustard, vinegar, ketchup and brandy with a hand immersion blender until you have a mayonnaise-like consistency.
Remove the salmon into a serving bold, tearing it apart with your hands, and add the crab sticks, endives and tomatoes. Drain the potatoes and return to the pan (over the turned off heat) to dry off. Add the potatoes to the bowl with half of the sauce and the chopped dill. Mix thoroughly and serve warm or cold.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Livros para venda

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

Nota de actualização: os livros já foram vendidos!

O post de hoje é um pouco diferente do habitual: trago-vos 3 livros que adoro e dos quais tenho duplicados novinhos em folha (!!!), pelo que resolvi vendê-los :)

Green Kitchen Travels - 20€ (+ portes de envio)
The Green Kitchen - 20€ (+ portes de envio)
Vegetable Literacy - 25€ (+ portes de envio)

As entregas no Porto são gratuitas e é uma questão de combinarmos o local. Os interessados deverão enviar email para joanacorreia9@hotmail.com.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Salada colorida de atum | Tuna colourful salad

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

(scroll down for English)

Quem nos segue no Facebook sabe que, na semana passada, estivemos bem activos na divulgação da Grande Reportagem da SIC "Somos o que comemos" e respectivas entrevistas. Sendo um assunto que nos toca ao coração quisemos chamar a atenção da família, dos amigos e de todos vocês para esta problemática que atinge a sociedade sem que as pessoas se apercebam de forma consciente. É a falta de tempo para preparar refeições devido aos longos horários de trabalho, é a falta de vontade, é a falta de inspiração, é tudo um pouco. E assim é mais fácil recorrer aos embalados e pré-preparados que vêm repletos de ingredientes cujos nomes desconhecemos por completo e que nos fazem tão mal! Desta forma, sentimo-nos com responsabilidade em partilhar convosco receitas que sejam simples e práticas de preparar durante a semana. Sim, porque não há desculpas para comer mal. E também não há desculpas para não comer alimentos sem lista de ingredientes (muito menos quando a maioria não nos é familiar) - frutas, legumes, carne, peixe, leguminosas, cereais, etc.

Salada colorida de atum
(inspirado em "Salada morna de grão com atum" da Revista Sabe Bem Março/Abril 2015)

3 latas de atum ao natural (em água), escorridas
500g grão cozido
1 cebola roxa
200g mix de pimentos vermelhos, laranja e amarelos
1 ramo de brócolos (apenas os floretes)
Oregãos secos
Salsa seca
Azeite extra virgem
Vinagre de vinho tinto
Sal
Pimenta moída na hora

Golpear os talos dos floretes de brócolos em cruz, colocar numa taça e levar ao microondas na potencia maxima durante cerca de 6 mins (verificar a cozedura).
Entretanto, picar finamente a cebola e os pimentos. Cortar os floretes maiores.
Numa saladeira colocar o grão, o atum desfeito, a cebola, os pimentos, os brócolos e as ervas aromáticas. Mexer com mãos e temperar com o sal, pimenta, azeite e vinagre. Mexer novamente (pode ser com as mãos!!!), provar e ajustar os temperos. Servir morna ou fria.

Nota: lavar e demolhar 500g de grão em água com um pouco de vinagre de cidra, durante a noite. Escorrer, lavar e colocar num tacho coberto com água e cozer durante cerca de 90mins - para quem tiver panela de pressão, este passo será mais rápido! Dividir em 3 porções, guardando uma no frigorifico e congelando as outras duas. Assim evita-se recorrer ao grão cozido enlatado - até porque as leguminosas cozidas em casa são bem mais saborosas! Cá em casa as leguminosas são cozidas ao domingo ou ao sábado à noite, para aproveitar o horário económico da electricidade.

***

Those following us on Facebook know that, during the past week, we have been active in the disclosure of the program Grande Reportagem on SIC channel "We are what we eat" and the respective interviews. Being a subject close to our heart we decided to draw the attention of our family, friends and all of you to this major problem striking society with most people unaware of it. It's the lack of time to cook proper meals due to long working hours, it's the lack of will, the lack of inspiration, you name it! So most people find it very convenient to just grab something out of a package, with plenty unknown and weird ingredients that are so armful! Due to all this, we felt compelled into sharing with you easy and healthy recipes that you can master during the week meals. So, no more excuses for eating crap. And no more excuses for not eating food without a list of ingredients, like fruit, vegetables, meat, fish, legumes, cereals, etc.


Tuna colourful salad
(inspired by "Warm chickpea with tuna salad" in Sabe Bem March/April 2015 magazine)

3 tuna cans (water preserved), drained
500g cooked chickpeas
1 red onion
200g mix red, orange and yellow peppers
1 broccoli head (just the florets)
Dried oregano
Dried parsley
Evoo
Red wine vinegar
Salt
Freshly ground pepper

Make a cross incision in each floret stalk and place all florets in a bowl. Put in the microwave for about 6mins in the maximum potency (check if they are cooked).
Meanwhile, finely slice the onion and the peppers. Slice the biggest florets.
In a serving bowls mix the chickpeas, the crumbled tuna, onion, peppers, broccoli and herbs. Season with salt and pepper and drizzle with the evoo and vinegar. Mix thoroughly to combine, taste, adjust seasoning (if necessary) and serve warm or cold.

Note: rinse 500g of dried chickpeas and soak overnight in water with a dash of sider vinegar. Drain, rinse, place in a saucepan, cover with water and cook for about 90mins - this step takes less time in a pressure cook. Divid the cooked chickpeas in 3 portions, saving one the fridge and the other two in the freezer. It's a great way to have cooked legumes without having to grab a can - even because they taste a lot better when homecooked. We normally cook our legumes on sunday or saturday night, when energy is cheaper.

terça-feira, 24 de março de 2015

Panettone is the new cake!

Photo with iPad mini @ http://instagram.com/ondina_maria/

(scroll down for English)

Mais de um mês depois voltamos ao blogue. O tempo voa e quando damos por ela passaram-se semanas! Por cá tivemos aniversários para festejar e com tanto em que pensar acabamos por ir deixando as receitas para depois. Mas claro, quem nos segue no instagram sempre está mais actualizado!
Entretanto, temos um novo amor. É verdade... o panettone. É o nosso novo bolo de eleição e qualquer combinação é brilhante. Este pão quase bolo é adocicado mas não muito e conquistou o nosso coração. Esperamos que também conquiste o vosso :)

Panettone de arandos, pistácios e chocolate negro
(revista Bimby n.º 49)

180g leite magro
100g açúcar amarelo
25g fermento padeiro fresco
3 ovos
1+1/2 c.chá pasta de baunilha
500g farinha T65
1 c.chá sal
200g manteiga em cubinhos à temp. ambiente
60g arandos secos
80g pistácios s/ casca
1 laranja (raspa)
100g pepitas chocolate negro

No copo, colocar o leite, o açúcar e o fermento e aquecer 1min / 37º C / vel. 1.
Adicionar os ovos e a baunilha e bater durante 5s / vel. 4.
Juntar a farinha e o sal e amassar 2min / vel. espiga. Deixar a massa levedar dentro do copo, num local morno, durante cerca de 50mins (ou até dobrar o volume).
Baixar com a espátula o que tiver ficado nas paredes do copo, adicionar a manteiga, os arandos, os pistácios, a raspa da laranja e as pepitas de chocolate e amassar 1min30s / vel. espiga.
Retirar a massa para uma forma redonda, previamente untada e forrada com papel vegetal, e deixar levedar cerca de 40mins (ou até dobrar de volume).
Levar ao forno pré-aquecido a 180º C durante cerca de 50mins, ou até estar cozido e dourado. Deixar arrefecer em cima de uma rede antes de servir.

***

Over a month later we return to the blog. Time flies and when we realize weeks have gone by! Around here we had anniversaries to celebrate and with so much going on we ended up leaving the recipes for later. But, of course, those who follow our instagram account are totally updated!
Meanwhile, we have a new crush. True... the panettone. It's our new cake of choice and any flavour combination is a winner. This caky bread is sweet but not much and won our hearts. So we hope it wins your heart too :)

Dark chocolate, cranberries and pistachios panettone
(Bimby magazine n.º 49)

180g skimmed milk
100g light brown sugar
25g fresh yeast
3 eggs
1+1/2 tsp vanilla paste
500g bread flour
1 tsp salt
200g butter, in cubes at room temperature
60g dried cranberries
80g shelled pistachios
1 orange (zest)
100g dark chocolate chips

In the bowl, place milk, sugar and yeast and heat up 1min / 37º C / vel. 1.
Add eggs and vanilla and whisk for 5s / vel. 4.
Add flour and salt and knead for 2min / vel. ear. Leave to proof in the bowl, in a warm place, for 50min or until doubled in size.
With the spatula, lower what's attached to bowl and add the butter, cranberries, pistachios, orange zest and chocolate chips. Knead for 1min30s / vel. ear.
Remove the dough into a round spring tin, previously coated with grease paper, and leave proofing for 40mins (or until doubled in size).
Place in the pre-heated oven at 180º C for 50mins, or until cooked and golden. Leave to cool on a wire-rack before serving.