segunda-feira, 24 de setembro de 2012

No knead Diavola pizza

O pão e as suas mais variadas formas. O alimento primordial e milenar que mesmo nos dias de hoje assume uma importância vital na nossa alimentação. A história do Homem é acompanhada pela história do pão, numa relação de amor eterna que, com os seus frutos diários, alimenta pessoas de todos os estratos sociais. O nosso pão quer-se caseiro, independentemente da forma que assuma. E porque precisamos de pizza como de pão para a boca, esta fez-se de um pão fofo e macio, como se milénios de tempo tivessem sido empregues na sua confecção.
No knead Diavola pizza
(massa adaptada da sempre talentosa Joy the Baker)

2+3/4 chávenas de farinha para pão
1 chávena de farinha de trigo integral
2+1/2 c. chá de fermento bio seco
3/4 c. chá de sal
3/4 c. chá de açúcar
1+1/2 chávena de água morna
Molho de tomate e manjericão q.b.
Fatias de revilla picante
Queijo emmental ralado
Rúcula

Numa taça média misturar as farinhas, o fermento, o sal e o açúcar. Adicionar a água morna de uma só vez e misturar bem com uma colher de pau. Tapar com película aderente e deixar levedar no microondas (previamente aquecido, vazio, durante 1 min na potência máxima) durante 2h. Untar um tabuleiro de forno com óleo e estender a massa da pizza com os dedos até ocupar toda a superfície plana do tabuleiro. Cobrir a massa com o molho de tomate, espalhar as fatias de revilla e polvilhar com o queijo ralado. Levar ao forno pré-aquecido a 220º C, durante pelo menos 20 mins. Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco e servir polvilhada com rúcula.

17 comentários:

  1. São mesmo os "vasos comunicantes"! Em Outubro vamos para terras milanesas e este prato veio mesmo a calhar!
    Uma semana feliz,
    Anita

    ResponderEliminar
  2. Ficou linda e deve ser muito boa. Tenho de experimentar.

    Cinco sentidos na cozinha

    ResponderEliminar
  3. Ficou linda e, com certeza, uma delícia!!

    Abraços, Fabiana.

    ResponderEliminar
  4. Já tenho saudades! E de fazer pão também...

    ResponderEliminar
  5. Excelente aspecto Ondina. A combinação de sabores parece-me fantástica ;)
    Beijo doce :)

    ResponderEliminar
  6. Ondina ficou linda e certamente muito boa...um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. ESTA FANTÁSTICA , SERIA UM ALMOÇO PERFEITO.
    BJS

    ResponderEliminar
  8. Que delicia Ondina. Pode-me dizer qual é a capacidade da chávena, se é necessário por o açúcar e para quantas pessoas dá a receita? Muito obrigada Inês

    ResponderEliminar
  9. Olá Inês, a medida de 1 chávena é a utilizada nos EUA que corresponde aos nosso 240ml (este link poderá ser-lhe muito útil no que respeita a conversões:http://www.jsward.com/cooking/conversion.shtml).

    O açúcar é necessário (a maioria das massas de pão/pizza leva açúcar) pelo que convém colocar. A quantidade é mínima e não se vai notar. O açúcar é um auxiliar da fermentação da massa :)

    Esta pizza serve bem 4 pessoa, acompanhada por uma saladinha.

    ResponderEliminar
  10. Que fantástica e deliciosa sugestão Ondina!!
    Um beijinho,
    Lia.

    ResponderEliminar
  11. Até dá gosto uma pizza assim! :)
    Adoro pão caseiro e pizza também...
    O tempo já começa a pedir para ligar o forno e cozer pão.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  12. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  13. Adoro todos os condimentos. Está fantástica!!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Oi Ondina, quem resiste a um belo pão caseiro e fresco.Seu pão ficou delicioso.Beijos querida e tudo de bom.

    ResponderEliminar
  15. Ora aí uma sra pizza, daquelas que nos fazem delirar!! Imagino o cheirinho bom da massa quentinha conjugada com o recheio... simplesmente divinal! Adoro pizzas assim com picante, só não sei o que é revilla, nunca ouvi falar, o que é?
    Beijocas:)

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita :)