domingo, 4 de novembro de 2012

Sopa de feijão branco com agrião e cogumelos

Com o friozinho que se faz sentir lá fora, apetece comer algo substancial, quente, reconfortante. Algo que nos faça sentir que tudo corre bem e que tudo vai estar sempre bem. E a comida tem este poder. Faz com que tudo pareça melhor. E nos dias em que o vento sopra agreste empurrando os pingos grossos de uma chuva fria, não há nada como uma boa sopa. Uma daquelas, com muito "antulho", que seguram uma colher na vertical e são o prato principal da refeição. Acompanhada por um chá fumegante e um pão caseiro acabado de tirar do forno, quem lhe poderá resistir? Nós não seremos, muito certamente! :)
Sopa de feijão branco com agrião e cogumelos
(adaptada da Revista Saberes e Sabores n.º 214)

1kg de feijão branco seco
Água
350g de cogumelos Portobello pequenos
1 cebola
3 dentes de alho
Azeite
150g de bacon em cubinhos
Sal e pimenta
Noz-moscada
150g de agrião

Lavar e demolhar o feijão em água de um dia para o outro. Escorrer o feijão, colocar num tacho grande, cobrir com água e deixar ferver durante 1h. Findo este tempo, separar o feijão (com o caldo de cozedura) em duas metades: uma pode ser dividida por saquinhos e congelada, para ser utilizada noutras receitas enquanto que a outra fica para a sopa.
Entretanto, limpar os cogumelos e laminá-los. Descascar as cebolas e os alhos e picá-los. Numa panela, fritar o bacon na própria gordura, adicionando os cogumelos para saltear. Temperar com sal, pimenta e noz-moscadas moídos na altura. Retirar esta mistura para uma taça e reservar. Na panela, colocar um fio de azeite e alourar a cebola e o alho. Adicionar o feijão cozido com o seu caldo e triturar com a varinha mágica até estar completamente desfeito (se estiver muito espesso, juntar um pouco de água a ferver até obter a consistência desejada). Rectificar o sal e deixar levantar fervura. Introduzir o agrião, mexendo bem, e assim que recomeçar a ferver, adicionar a mistura de cogumelos e bacon.

9 comentários:

  1. É mesmo uma sopazinha destas que apetece!! Tão reconfortante com este tempo e claro..deliciosa! Adorei :)

    ResponderEliminar
  2. Ainda hoje me sinto abençoada, pois no tempo da minha infância,era obrigatório comer a sopa. No entanto, o meu pai tornava a obrigação,num ato de opção e assim,fiquei a adorar sopinha. A vossa,com este feijão tão português, vai aquecer-nos até à alma, neste outono,em que o frio já chegou.
    Beijo "quentinho!",
    Anita

    ResponderEliminar
  3. Olá Ondina,
    este teu blogue é um vicio! Não passo sem aqui vir e é sempre uma alegria ler os teus textos, repletos de imagens traduzidas por palavras que me mostram a forma tão linda como vês o mundo!
    Tens razão uma sopa assim faz parecer tudo melhor! Gosto imenso de feijão, também imperou na minha cozinha este fim de semana e a sopa que apresentas está com um aspeto mesmo como gosto, bem entulhada, ahahah! Colher tenta lá ficar de pé!
    Já o pão a fumegar.... esse ficou só no desejo!
    Boa semana querida! Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Que bom aspecto, vou tentar fazer!

    http://amarmitalisboeta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Que coisa boa ! Com este friosinho uma sopa destas é mesmo o que nos conforta :)
    Beijinho doce e boa semana !

    ResponderEliminar
  6. A tua sopa ficou com um aspecto delicioso, bem cremosa...
    beijinhos e boa semana,
    Addicted
    http://cookaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Oi Ondina adoro feijão branco, principalmente no frio, acho que ele ajuda à aquecer o corpo.Sua sopa ficou maravilhosa.Beijos querida.

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita :)